Home Destaque Andifes assina termo de cooperação com Laboratório Nacional de Computação Científica

Andifes assina termo de cooperação com Laboratório Nacional de Computação Científica

0
0

Durante a reunião do Conselho Pleno da Andifes, realizada em Brasília, na quinta-feira (23), os reitores receberam o diretor do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), Fabio Borges de Oliveira, responsável pelo maior supercomputador da América Latina, o Santos Dumont. Com capacidade de processamento de 5,1 petaflops por segundo, o Santos Dumont é utilizado na construção e aplicação de modelos e métodos matemáticos e computacionais e na solução de problemas científicos e tecnológicos para processamento de alto desempenho.

Na ocasião, o presidente da Andifes, reitor Marcus David (UFJF), o presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Empreendedorismo da Andifes, reitor Valder Steffen (UFU) e o presidente do LNCC assinaram um termo de cooperação para o desenvolvimento no programa Embaixadores do Santos Dumont. O objetivo é realizar uma parceria para treinamentos de representantes das universidades na utilização do supercomputador.

De acordo com Fábio Borges, a parceria irá ampliar o número de projetos e estados que utilizam as altas capacidades de processamento da máquina. “Queremos fazer um treinamento mais intenso para que os embaixadores possam reproduzir esse treinamento em cada universidade. Estabelecer esse perfil é muito importante e precisamos ter uma programação muito eficiente para otimizar o uso da capacidade computacional e rodar mais projetos das universidades. Estamos muito interessados em desenvolver essa parceria e construir juntos um futuro diferente da computação de alto desempenho no Brasil”, afirmou Borges.

Para Valder Steffen, na parceria entre LNCC e Andifes, todos têm a ganhar. “O LNCC vai ganhar mais clientes, agregando cada vez mais usuários qualificados, importantes os pontos focais nas universidades, porque não é qualquer problema simples que será rodado no Santos Dumont. O LNCC vai prover as instruções e treinamento necessário para que possamos otimizar o uso, a custo zero”, comemorou.

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Destaque

Deixe uma resposta

Vejam também

Um encontro entre Estado, Governo e Universidade – Por Gustavo Balduino

Essa trilogia busca, pelos olhos e nos limites desse observador, interpretar politicamente…