Home Na Mídia Eunice Durham, ex-secretária do MEC, morre aos 90 anos em São Paulo

Eunice Durham, ex-secretária do MEC, morre aos 90 anos em São Paulo

0
0

Corpo da pesquisadora será velado às 11h no Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande SP. Óbito foi confirmado nesta terça-feira (19).

Pioneira nos estudos de antropologia urbana no Brasil, Eunice Ribeiro Durham faleceu nesta terça-feira (19), aos 90 anos de idade, em São Paulo.

O velório da antropóloga paulista e sua cerimônia de cremação estão marcados para acontecer no Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, região da Grande SP, às 11h e 13h, respectivamente.

Mestre e Doutora em Ciências Sociais, Durham pesquisou sobre temas como migração rural e urbana, movimentos sociais e organização familiar das classes sociais. Ela chegou a atuar como presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA). Além disso, ela dedicou parte da vida à área de Educação.

Nos anos 60, se tornou professora titular na Universidade de São Paulo (USP), ganhando posteriormente o título de professora emérita da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da instituição.

Em 92, se tornou secretária de educação superior do Ministério da Educação (MEC). Três anos depois, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, virou secretária de política educacional

A professora Eunice Durham, mestre e doutora em Ciências Sociais da Universidade de São Paulo (USP). — Foto: Reprodução/USP

do MEC, tendo um papel fundamental na redação da Lei de Diretrizes e Bases, elaborada em parceria com o senador Darcy Ribeiro e aprovada em 96, que segue regulamentando a educação no país até os dias atuais.

Também na década de 1990, a antropóloga criou em São Paulo o primeiro núcleo de pesquisa voltado para educação superior no país. Foi ainda presidente da Fundação Capes, membro do Conselho Nacional de Educação e autora de artigos e livros sobre Atropologia e ensino superior.

Diversas instituições manifestaram seus pêsames pelo falecimento de Durham em suas páginas nas redes sociais. Dentre elas, o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), órgão globalizado de pesquisas que foca na análise multidisciplinar da realidade brasileira. “Deixa um legado intelectual inestimável”, diz a publicação.

Fonte: Portal G1

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Na Mídia

Deixe uma resposta

Vejam também

Andifes se reúne com ministro da Casa Civil para avaliar saídas para bloqueio de orçamento das universidades federais 

O presidente da Andifes, reitor Ricardo Marcelo Fonseca (UFPR), e o vice-presidente, reito…