Home Uncategorized Andifes participa do 7º Encontro Nacional do Cogecom

Andifes participa do 7º Encontro Nacional do Cogecom

0
0
O 7º Encontro do Cogecom foi realizado em Aracaju, com o tema Comunicação e Democracia.

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) recebeu, entre os dias 18 e 20 de agosto, o 7º Encontro do Colégio de Gestores de Comunicação das Universidades Federais (Cogecom), realizado em Aracaju, capital sergipana. Com o tema Comunicação e Democracia, o Encontro reuniu profissionais de comunicação das universidades federais para debater ações, perspectivas e trocar experiências na gestão e no cotidiano da produção e divulgação de informações das universidades de todo o país.

O reitor da UFS, Valter Santana, ressaltou a importância de as comunicações das universidades federais poderem articular ações conjuntas.

Na abertura, o reitor da UFS, Valter Santana, ressaltou a importância de as comunicações das universidades federais poderem articular ações conjuntas. “Estamos em um momento em que a comunicação institucional tem que estar integrada e inserida no contexto de defesa, de avanço das nossas instituições. Fico muito feliz em poder receber em Sergipe esse colegiado de gestores e, a partir daqui construir ações estruturantes que vão nortear as nossas instituições nos próximos anos”, afirmou Santana.

A mesa de abertura do evento, além de Santana, contou também com a presidente da Comissão de Comunicação da Andifes, reitora Lucia Pellanda (UFCSPA), a diretora de comunicação da UFS, Maíra Bittencourt, o superintendente especial de comunicação do Estado de Sergipe, Givaldo Ricardo de Freitas, e o secretário-executivo da Andifes, Gustavo Balduino.

Para a presidente da Comissão de Comunicação da Andifes, reitora Lucia Pellanda, o Encontro do Cogecom ocorreu m um momento muito importante para o país.

Para a reitora Lucia Pellanda, o Encontro do Cogecom aconteceu em um momento muito importante para o país. “Foi muito produtivo e bem interessante, juntando o conhecimento estratégico dos reitores com o grande conhecimento técnico dos gestores de Comunicação, conseguimos fazer um projeto muito legal de defesa das universidades. Em um momento em que precisamos reafirmar que a educação é o futuro do país, que a ciência é investimento e soberania, e que democracia é essencial para um projeto de nação, nesse momento a universidade é extremamente necessária e a defesa da universidade é fundamental”, afirmou a reitora.

A coordenadora do Cogecom, professora Rose Pinheiro (UFMS), reforçou o caráter colaborativo das discussões e da realização do Encontro.

Também presente à mesa de abertura, a coordenadora do Cogecom, professora Rose Pinheiro (UFMS), reforçou o caráter colaborativo das discussões e da realização do Encontro. “Com a realidade das nossas universidades, como as questões de orçamento, de recurso, precisamos realizar parcerias, tanto com setores privados, quanto parceiros do estado, do município, o que nos ajuda a viabilizar os nossos encontros e a trazer qualidade para que eles aconteçam”, relatou a diretora.

Comunicação da Andifes

O Cogecom tem como principal finalidade assessorar a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) na área de Comunicação. O Cogecom realiza encontros anuais, debatendo políticas nacionais de comunicação social para construção conjunta de ações entre as universidades federais; políticas de cooperação entre as instituições envolvidas, com vistas à transformação do modelo de comunicação universitária; valorização da comunicação pública no ambiente das universidades, com ênfase em princípios como transparência, diálogo com a sociedade, o interesse público entre outros.

O secretário-executivo da Andifes, Gustavo Balduino, e a coordenadora de comunicação institucional, Lívia Leite, destacaram a centralidade da Comunicação nas ações da Andifes e a importância do Cogecom no assessoramento e na divulgação das ações das universidades.

O secretário-executivo da Andifes, Gustavo Balduino, e a coordenadora de comunicação institucional, Lívia Leite, participaram, no primeiro dia, da mesa Política de Comunicação da Andifes. Na ocasião, os representantes da entidade destacaram a centralidade da Comunicação nas ações da Andifes e a importância do Cogecom no assessoramento e na divulgação das ações das universidades. “É uma atividade fundamental, porque entendemos a comunicação como ponto central na gestão, na relação da universidade com a sociedade”, frisou Balduino.

“Todas as ações de comunicação são pensadas seguindo a linha editorial da Andifes e com uma preocupação clara de manter fortalecida a imagem institucional”, iniciou Lívia, ressaltando uma maior atenção às redes sociais da entidade como um complemento da comunicação das pautas da Andifes, com o objetivo de alcançar um público o mais amplo possível.

“A Andifes é uma referência no que diz respeito à universidade federal, é reconhecida por qualquer órgão de imprensa nacional como a interlocutora das universidades, e somos demandados tanto como fonte quanto para a verificação de dados e fatos relativos às universidades. A sigla Andifes já traz uma ligação imediata com o ensino superior público”, afirmou Lívia.

Em sua fala, Balduino destacou o cuidado cotidiano da Comunicação em manter a credibilidade da Andifes “É o ar que respiramos manter e aumentar a credibilidade, por isso procuramos pensar tudo estrategicamente antes que aconteça”. O secretário executivo realizou uma breve apresentação intitulada Política de Comunicação da Andifes – Fundamentos e Referências: construção de um sistema nacional de universidades federais, autônomas, de qualidade, inclusivas e gratuitas, durante a qual citou algumas das complexidades de gerar uma política de comunicação que abarque de modo igualitário todas as universidades federais.


Para Balduino, a Andifes é uma entidade privilegiada por poder contar com fóruns e colégios de apoio, como o Cogecom, formados por profissionais altamente qualificados. “Agradeço o convite para participar desse Encontro.

“Nossa política [de comunicação] tem por objetivo que a Andifes seja referência para os interlocutores com os quais a entidade se relaciona na mídia e para a sociedade em geral, como um sistema de universidades federais, que é complexo. Temos que respeitar a autonomia de cada universidade e equilibrar o binômio autonomia e sistema, em uma política de comunicação, não é algo simples. A menor e mais recentemente criada universidade, ou a maior, ou mais antiga são igualmente importantes para o sistema e para a Andifes”, argumentou.

Para Balduino, a Andifes é uma entidade privilegiada por poder contar com fóruns e colégios de apoio, como o Cogecom, formados por profissionais altamente qualificados. “Agradeço o convite para participar desse Encontro. Não conheço uma entidade de representação nacional que conte com assessoramento de fóruns e colégios tão qualificados, formados por profissionais que estão sempre comprometidos no cotidiano das universidades. Espero que possamos seguir construindo juntos e avançar ainda mais na política de comunicação da Andifes. É um privilégio poder contar com vocês”, concluiu.

Com informações Ascom UFS

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Uncategorized

Deixe um comentário

Vejam também

Andifes trata sobre recomposição orçamentária das universidades federais com ministra Simone Tebet

A diretoria executiva da Andifes se reuniu com a ministra do Planejamento e Orçamento, Sim…