Home Universidades Federais UFPE e Ministério da Pesca e Aquicultura anunciam edital para estímulo de ações de enfrentamento do derramamento de óleo

UFPE e Ministério da Pesca e Aquicultura anunciam edital para estímulo de ações de enfrentamento do derramamento de óleo

0
0

O reitor Alfredo Gomes e o ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, anunciaram o lançamento para o segundo semestre deste ano de um edital de extensão no valor de R$ 1 milhão, destinado ao incentivo de ações de enfrentamento das consequências do derramamento de óleo no litoral brasileiro. A expectativa é que o edital beneficie famílias que tiram seu sustento diretamente da pesca artesanal. Ocorrido há quatro anos, o derramamento de óleo é considerado o maior desastre ambiental em extensão territorial do Brasil.

O anúncio foi realizado durante encontro com pesquisadores e professores realizado na manhã de ontem (4) no Auditório Professor Denis Bernardes, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), no Campus Recife. “Esse anúncio tem um impacto muito grande nas nossas universidades e nas redes de pesquisa. Gostaria de ressaltar a importância dessa parceria com o governo federal para que possamos ter uma pauta de reconstrução do país por meio de políticas públicas adequadas, criadas a partir de um amplo debate com a sociedade. As universidades têm um papel muito importante nessa trajetória e esperamos poder continuar contribuindo no sentido de promover um salto de qualidade para fazer as mudanças necessárias para o país”, afirmou o reitor.

“Essa é uma ação determinante para que possamos potencializar a ação dos pescadores artesanais, fazendo com que eles tenham um maior retorno econômico de seu trabalho, e acredito que a universidade seja o campo ideal para que possamos promover uma iniciativa como essa”, avaliou o ministro André de Paula. “É um grande prazer perceber como o novo governo tem um olhar diferenciado, inclusive no que envolve a questão da pesca. Temos uma missão importante na formação e inclusão de toda essa cadeia de produção da pesca artesanal, de forma a fazer justiça social”, disse o vice-reitor Moacyr Araújo.

Ações de formação para a pesca artesanal foram debatidas no gabinete

“Pernambuco foi o segundo estado mais impactado com a chegada do petróleo, com mais de cinco mil toneladas ao todo. A razão desse evento foi, acima de tudo, apontar uma iniciativa com as universidades de um edital de extensão para lidar com esse enfrentamento que não foi feito pelo governo federal anterior”, disse o secretário da Pesca Artesanal e professor da UFPE Cristiano Ramalho. O evento no CCSA contou ainda com a participação da reitora da Universidade de Pernambuco (UPE), Maria do Socorro Cavalcanti; da pró-reitora de Pós-Graduação, Carol Leandro; e do diretor do CCSA, Zionam Rolim.

FORMAÇÃO CONTINUADA – O anúncio do edital de extensão voltado para as comunidades pesqueiras atingidas pelo derramamento de óleo foi precedido de reunião no Gabinete do Reitor, no prédio da Reitoria. No encontro, foi realizada a apresentação do Programa Nacional de Formação Continuada para Pescadores da Pesca Artesanal, da UFPE. O documento tem entre seus objetivos contribuir para o engajamento dos pescadores em atividades empreendedoras e de gestão da pesca; possibilitar maior difusão da cultura da pesca artesanal na sociedade; e promover a fixação de líderes por meio da criação de cadeias de negócio para a pesca artesanal.

A reunião foi conduzida pelo reitor Alfredo Gomes e contou com a participação do vice-reitor Moacyr Araújo; do ministro da Pesca e Aquicultura André de Paula; do secretário da Pesca Artesanal, Cristiano Ramalho; e dos pró-reitores para Assuntos Estudantis (Proaes), Fernando Nascimento; de Graduação (Prograd), Magna do Carmo Silva; de Pós-Graduação, Carol Leandro; de Pesquisa e Inovação (Propesqi), Pedro Carelli; e de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe), Brunna Carvalho Granja.

PESCADO ARTESANAL NO RU – Ainda na terça-feira (4), à tarde, houve a solenidade de lançamento do projeto piloto RU na Hora do Pescado Artesanal e da Campanha Pescador e Pescadora Legal. O evento foi realizado no Salão Nobre da UFRPE, com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula; do secretário da Pesca Artesanal, Cristiano Ramalho; do reitor da UFRPE, Marcelo Carneiro Leão; e de representantes de comunidades pesqueiras.

Lançado pelo presidente Lula no último dia 22, em evento no Recife, o RU na Hora do Pescado Artesanal é uma parceria entre a UFPE, a UFRPE e comunidades de pescadores locais articulada pela Secretaria Nacional de Pesca Artesanal do Ministério da Pesca e Aquicultura. Na parceria, as universidades darão assistência técnica e extensão universitária sobre procedimentos sanitários, legais e de engenharia de alimentos, possibilitando que os pescadores artesanais se tornem fornecedores dos restaurantes universitários.

Fotos: Raul Holanda

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais em Universidades Federais

Deixe um comentário

Vejam também

UNIFEI inaugura Centro de Hidrogênio Verde com a presença do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira de Oliveira, esteve na Universidade Fede…