Conselho Pleno da Andifes recebe Procuradoria-geral da União, Ebserh e Fasubra

Vídeos

Áudio

Eventos

Não há Eventos

Enquete

Qual a sua opinião sobre a reforma do Ensino Médio?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Artigos

UM ANO DE ATAQUES CONTRA AS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS

Nota do reitor da UFPR Ricardo Marcelo Fonseca: UM ANO DE ATAQUES CONTRA AS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS    Há quase um ano, no dia 9 de dezembro de 2016, a polícia federal irrompeu na UFRGS, em vista de uma suspeita de fraude em um programa de extensão. A polícia federal batizou todo o movimento de “Operação PhD”. Pouco tempo depois, em 13 de fevereiro de 2017, algo similar aconteceu na nossa universidade: numa operação (batizada de “Research”), foram envolvidos mais de 180 agentes federais, cumprindo vários mandados de prisão e oito conduções coercitivas.

Tarefas da democracia contra o Estado policial-midiático

Em outubro, a convite da ANDIFES, participei do seminário “Estado Policial ou Estado Democrático de Direito: Que Brasil estamos construindo? ”, realizando na Universidade Federal da Bahia por ocasião de seu congresso interno. Tratava-se também de um tributo ao ex-reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, que poucos dias antes abdicara da vida em protesto contra a violência judicial-policial

Editoras Universitárias

Editora UFRB lança e-book “O Serviço de Psicologia na Universidade”

A Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (EDUFRB) está disponibilizando, gratuitamente, o e-book “O Serviço de Psicologia na Universidade”, organizado pelas pesquisadoras Suely Aires e Sayuri Kuratani, coordenadora do Serviço de Psicologia da UFRB e psicóloga da UFRB, respectivamente.

‘A Pachamama e o ser humano’, um passo para a sabedoria

O ser humano ainda não deu, pelo menos até agora, uma resposta adequada sobre como tratou a mãe-terra. Em vez de buscar um equilíbrio para uma paz duradoura, optou pelas guerras, fabricação de armas, a espoliação e exploração da natureza até o cansaço, um mundo de ricos, pobres, famintos, escravos… de raças “superiores e civilizadas” e de “inferiores e selvagens”.